11 de mai de 2016

APLB- SINDICATO COMUNICA PARALISAÇÃO DAS AULAS NA REDE MUNICIPAL POR TEMPO INDETERMINADO

Após protesto na manhã de hoje no Paço Municipal, requerendo da Gestão Municipal atenção quanto ao cumprimento de diversas reivindicações, os "Trabalhadores da Educação" resolveram paralisar as atividades na rede municipal por tempo indeterminado.

Segue comunicado da APLB:

A  APLB_Sindicato comunica aos pais de alunos e alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino, que em assembleia realizada hoje, os Trabalhadores em Educação decidiram manter a paralisação das suas atividades laborais por tempo indeterminado, em virtude de não ter havido avanços nas negociações realizadas ontem com a gestão . 
Reafirmamos aos pais o nosso compromisso em repor as aulas dos dias paralisados e que o retorno a normalidade das aulas depende exclusivamente da Gestão pública deste município.

Atenciosamente
Luzia da Silva França Dantas.

Reivindicações dos professores:

Calendário com datas fixas para o pagamento com data única de todos os trabalhadores em Educação;
Excesso de contratos;
Servidores remunerados pelo FUNDEB em exercício em outras secretarias e outras redes;
Servidores acumulando cargos (professor e cargo comissionado);
Empréstimos consignados em folha sem ser repassado para os bancos;
Pendencias nos repasses para o INSS;
Posse dos servidores concursados;
Retroativo das mudanças de classe e nível;
Retroativo da correção do Piso do Magistério;
Professor temporário em folha da Educação inclusive nos períodos de férias e com salário referente a professor de 20 horas, nível 5 classe G.
Conclusão do reordenamento da rede;
Avaliação de desempenho;
Conselhos que não cumprem com a sua função deliberativa;
Professor em exercício de comissão (pedagoga) com salário referente ao Nível 5 classe L;
Anulação da posse de professores;
Projeto de Lei que trata do reajuste dos salários dos motoristas.


Foto: Whatsapp

Nenhum comentário:

Postar um comentário