27 de mai de 2013

ANDANDO, CORRENDO OU PEDALANDO: CURAÇAENSES PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS MELHORANDO A QUALIDADE DE VIDA E A AUTO-ESTIMA.


A partir das 05:30 da manhã, já se vê pessoas com trajes esportivos fazendo exercícios de alongamento e iniciando a caminhada em direção as duas saídas da cidade que juntas formam mais ou menos 5 km, percurso utilizado não só por pedestres mas também pelos que usam bicicletas na realização de atividade física aqui em Curaçá.
Esse contingente de pessoas que utilizam tanto a caminhada, quanto a corrida ou o ciclismo, tem consciência sobre os benefícios que eles trazem a saúde, pois essa temática é bem discutida através dos grandes meios de comunicação, escolas, e é também uma das orientações dos profissionais de saúde para crianças, jovens, adultos e idosos.
Logo bem cedinho já é possível observar professores, babás, donas de casa, estudantes, agricultores e funcionários públicos que acordam cedo para iniciar seu dia com essa prática saudável, atividades que controlam o índice de Colesterol, favorecem o funcionamento do coração e evita doenças cardiovasculares, além de infartos e derrames, melhorando a circulação sanguínea e a pressão arterial, dando energia e estimulando seu organismo durante o resto do dia.
Os que preferem se exercitar durante a tarde, normalmente, o inicio dos exercícios começam a partir das 16:00hs, muitas vezes, nesse período o sol ainda está bem quente, mas nada melhor que um bom protetor solar para ajudar a proteger a pele, como disse Fernanda Aparecida, 28 anos, que prefere esse horário, por se sentir mais segura para percorrer o percurso: “Prefiro correr durante a tarde porque, de certa forma, tenho medo e temo por minha segurança, mas é gostoso vim sempre das segundas às sextas feira. Além do exercício dá pra sentir o cheiro do mato, ter contato com a vegetação natural da caatinga, ouvir o cantos dos pássaros que se preparam pra dormi”, afirmou.
Em relação à segurança dos que trafegam por ali, existe um problema que coloca em risco a vida desses desportistas, pois alguns motoristas que chegam ou que saem da cidade, mesmo sabendo que muitas pessoas estão andando, correndo ou pedalando naquele local, não poupam a velocidade na condução do seu automóvel. Pondo em risco, também, sua própria segurança, principalmente nas curvas.
Para o Sr. Almar Dantas de 71 anos, que antes não praticava nenhuma atividade física de forma contínua, tornou-se há dois meses praticante assíduo da caminhada, para ele depois que começou “a andar na pista”, termo usado pelos curaçaenses, tem observado alguns benefícios à sua saúde: “Mesmo andando por pouco tempo, melhorei meu equilíbrio, pois sentia que minhas pernas eram fracas, minha pressão arterial diminuiu. Tô me sentindo mais forte, disposto”, disse o Sr. Almar, um vascaino apaixonado que não abre mão do uso de camisetas com o símbolo do seu time para se exercitar.
Não é nenhuma novidade saber que praticar exercícios físicos ajudam no combate ao sedentarismo, pois fortalece os músculos das pernas e costas, melhora os reflexos, melhora a velocidade de andar, incrementando a flexibilidade, mantendo o peso corporal e ajudando na mobilidade.
Segundo o conselho estadual de Educação Física, é preciso avaliar se o tipo de roupa usado está adequado com o tipo de atividade física. Para especialistas no assunto, um tênis adequado e roupas confortáveis e impermeáveis são necessários para se exercitar. Uma dica importante é conhecer seus limites físicos, não extrapolando-os, hidratando o organismo com muita água.
A prática de atividade física é uma boa idéia de se compartilhar entre amigos e familiares. Tanto o corpo quanto a mente, agradece!

Por Adriel Duarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário