10 de jun de 2016

ACONTECE EM CURAÇÁ 2º FÓRUM COMUNITÁRIO DO SELO UNICEF

Na manhã dessa quarta-feira (8), aconteceu em Curaçá o 2º Fórum Comunitário do Selo Unicef, sendo uma das etapas exigidas para que o Município conquiste o Selo Unicef, que é uma iniciativa para melhorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes no Semiárido e na Amazônia Legal Brasileira. O Evento aconteceu na quadra do Colégio Municipal Ivo Braga, reunindo autoridades políticas, representantes do Governo Municipal, educadores, estudantes, membros de conselhos e sociedade civil como um todo. A realização é do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), da Articulação Municipal do Selo Unicef, do Núcleo de Cidadania do Adolescente (NUCA) e ainda das secretarias municipais de: Ação Social e Cidadania (SMASC), Educação, Cultura e Desporto (SECD) e Saúde (SMS).
  
O Evento teve início às 9h, sob coordenação da Conselheira do CMDCA, Rosevânia Varjão, a qual organizou a formação da mesa, sendo composta por: Elieusina Rodrigues (Presidente do CMDCA); a Secretária de Ação Social, Juçaria Brandão; o Prefeito Carlinhos Brandão; a Diretora da Proteção Social Básica e Especial, Maria Lúcia Coutinho; a Secretária de Saúde, Tamires Brandão; a Secretária de Educação, Valdelina Aquino; a representante do NUCA, Érica Pereira; a Diretora do Ivo Braga, Idenice Rodrigues e o Pedagogo Expedito Félix. A Representante do Selo Unicef, Nivalda Costa, também esteve presente, mas não participou da mesa, pois veio realizar, imparcialmente, a avaliação das ações municipais para possível conquista do Selo. “Nós temos muitos avanços na área de políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes, mas ainda existem muitos desafios, os quais devem envolver a sociedade curaçaense e as esferas pública e privada; a responsabilidade é de todos”, ressaltou Elieusina Rodrigues. Juçaria Brandão, destacou a situação da criança e do adolescente curaçaense e falou a respeito de políticas públicas. “O nosso Município está, mais uma vez, inscrito para pleitear essa tão importante certificação que é o Selo Unicef. O 2º Fórum tem o objetivo de prestar contas à população do que foi executado a partir do Plano de Ação Municipal para a infância e a adolescência. Nosso Município já avançou muito, mas ainda possui crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, incidência de trabalho infantil, racismo, violência doméstica, abuso e exploração sexual, disparidade escolar e gravidez na adolescência. Por esses motivos, argumenta-se a necessidade de políticas públicas e privadas, na perspectiva de enfrentamento e reversão do cenário exposto”, destacou Juçaria, a qual é Articuladora Municipal do Selo Unicef. “A nossa preocupação é que nossa gente esteja em primeiro lugar, por isso não medimos esforços em prol de ações que beneficiam a nossa população”, disse o Prefeito Carlinhos Brandão.  

Ainda durante o Evento, houve a exposição, por meios de painéis fotográficos, de ações executadas pelas secretarias municipais de: Educação, Ação Social e Cidadania e Saúde, incluindo seus setores e departamentos. Simultaneamente, foram realizadas apresentações culturais, as quais incluíram dança e capoeira, a participação da Fanfarra do Ivo Braga (FANIB), além da participação de usuários dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Sede e de Saco da Canoa, Distrito de Riacho Seco e crianças da Igreja Assembleia de Deus. Após, Expedito Félix (Facilitador do Fórum) destacou dados do Município de Curaçá referentes a: Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da educação, esperança de vida ao nascer, quantidade de óbitos, vacinação, renda, pré-natal; usuários inseridos em serviços de convivência; trabalho infantil; atendimentos no Conselho Tutelar (CT), o qual teve representação no Fórum e ainda quantitativo de encaminhamentos ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS); Centro de Referência Especializado (CREAS), CAPS, Delegacia e Ministério Público. Os debates durante o fechamento do Evento indicaram, com base nos dados apresentados, a necessidade de implementação de políticas públicas no Município. “Esse momento de discussão em si já é um grande avanço para nós, pois tivemos várias crianças e adolescentes perguntando sobre as formas de serem mais atuantes no Município. Isso é essencial para mudar a realidade de Curaçá e se conquistarmos o Selo será ainda melhor”, disse a adolescente Érica Pereira (NUCA). O Evento terminou por volta das 13h.

Informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Curaçá

Nenhum comentário:

Postar um comentário