8 de jun de 2016

MORADORES DO LOTEAMENTO EDVALDO ARAÚJO SE REÚNEM COM REPRESENTANTES DO SAAE

Em reunião realizada no último domingo (5), proprietários de terrenos, alguns já com casas construídas, se reuniram para discutir com o SAAE, autarquia responsável pelos serviços de saneamento em Curaçá, a possibilidade de estender a rede de abastecimento de água até o Loteamento Edvaldo Araújo. O SAAE esteve representado pelos funcionários Luciano Lugori (Auxiliar Administrativo) e Alessandro Nunes (Encanador). O morador Benedito Margel, “enfrentante” do movimento que leva seu nome, e outros munícipes também participaram da assembleia.

Na ocasião, Lugori levou a mensagem do Diretor Jean Marcelo e reafirmou o compromisso e a função social da entidade em fornecer água tratada a toda população curaçaense. “Estamos aqui para atender ao pedido de vocês. O nosso papel, aliás, a nossa obrigação, é levar água potável a quem precisa. Porém, é importante lembrar que tudo deve ser feito com responsabilidade e dentro do que rege a lei. Portanto, nós precisamos de um respaldo jurídico e de uma autorização, uma vez que fomos informados que esses terrenos até pouco tempo estavam em briga judicial”, frisou o funcionário do SAAE.

Depois de esclarecer algumas dúvidas, Margel disse que estava de posse de toda documentação e do levantamento topográfico do local. “Eu tenho tudo aqui. Houve uma briga na justiça com uns índios que queriam invadir essa parte da cidade, mas já foi resolvido. Ganhamos na justiça. Inclusive tenho a papelada que comprova isso”, afirmou o morador.

O SAAE se comprometeu em expandir a rede de abastecimento, mas deixou claro que esse serviço somente será realizado dentro da legalidade e respeitando o orçamento da empresa. Os moradores organizaram uma comissão para procurar o poder público municipal e solicitar do Prefeito autorização para colocar água nos terrenos.

O Loteamento Edvaldo Araújo fica localizado na entrada da cidade, próximo ao contorno Lia Suzuki, ao lado da Vila da Paz e da Nova Aliança. De acordo com o mapa do local, são 150 lotes registrados. Todos os terrenos já possuem proprietários.


Ascom/SAAE de Curaçá


Nenhum comentário:

Postar um comentário