17 de jul de 2013

HOMEM REENCONTRA FAMÍLIA EM PETROLINA, APÓS 31 ANOS DESAPARECIDO

Um fato digno de roteiro de novela marcou uma família em Petrolina. Um homem que estava desaparecido há 31 anos reencontrou seus parentes, após a sobrinha fazer uma busca pelo nome dele na internet e descobrir que existia uma campanha no Amazonas para o tio encontrar a família.
A descoberta de que Luís Raimundo de Morais, 53 anos, estava vivo aconteceu após ele ser atropelado por um caminhão e ter a perna esquerda amputada há cerca de três meses. Ele foi hospitalizado e depois que recebeu alta não tinha para onde ir.
Morais vivia há três décadas como andarilho, e foi vagando pelas ruas da cidade de Itacoatiara (a 271km de Manaus) que sofreu o acidente. O CAPs (Centro de Atenção Psicossocial) São Lucas, onde o andarilho recebeu apoio, lançou a campanha para que a família dele pudesse encontrá-lo.
Ele contou à equipe do CAPs que havia saído de casa sem rumo após um problema familiar, acabou sumindo e perdeu o contato com a família. Na campanha, o homem dizia que seus parentes eram da cidade de Simões (420 km de Teresina) e haviam se mudado para o município de Carnaubal (335 km de Fortaleza).
Atualmente a família dele mora em Petrolina e foi no Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho que ele reencontrou irmãos, sobrinhos e parentes neste domingo.
A sobrinha Giovânia Carvalho foi quem resolveu colocar o nome do tio em alguns sites de busca e redes sociais, no início do mês, quando para a surpresa dela encontrou uma campanha com o nome do tio.
Esperança
A sobrinha contou que a família sofreu muito com o desaparecimento de Morais e nunca perdeu a esperança de encontrá-lo.
Ao chegar ao trabalho liguei o computador e lembrei-me do meu tio. Resolvi colocar o nome dele na busca de redes sociais e tive a surpresa de encontrar uma pessoa se identificando com o mesmo nome dele e ainda dizendo o nome dos meus avós. Comuniquei o fato a toda família e começamos a ver como o traríamos para Petrolina“, disse. (Fonte/foto: UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário