12 de jul de 2013

CONFERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL DE CURAÇÁ REÚNE CENTENAS DE PESSOAS NO RAUL COELHO


Aconteceu ontem (10), no Teatro Raul Coelho, no município de Curaçá, Conferência de Desenvolvimento Rural, com o tema Sustentável e Solidário. O evento, que teve o objetivo de formular políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural sustentável do Município, precede a Conferência Territorial de desenvolvimento Rural, que acontece nos dias 18 e 19 de julho, em Juazeiro. 

Inicialmente houve a formação da mesa, composta pelo Secretário de Desenvolvimento Rural, Luiz Silva Barros, a representante da Secretaria de Ação Social, Eleusina Rodrigues, o Secretário de Infraestrutura, Pedro Pinheiro, os representantes da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), José Isaac Gonçalves e Edonilce Barros, o Comandante da Polícia Militar, Major Nascimento, o representante do Projeto Mata Branca, Edmilson Nascimento, a Vereadora Rejane Menezes e o Vice Prefeito, Rogério Bahia, que abriu o evento lendo o regimento e as normatizações da Conferência. “É importante que todos fiquem até o final do evento, pois aqui nós discutiremos melhorias para o desenvolvimento rural do Município. Essas formulações serão apresentadas a nível territorial, estadual e nacional, podendo até mesmo virar leis. Aqui nós elegeremos pessoas que representarão Curaçá e correrão atrás de melhorias para toda a população”, ressaltou o Vice Prefeito.

No segundo momento, as mais de 200 pessoas presentes no Teatro Raul Coelho foram convidadas a assistir palestras e opinar sobre os temas abordados. A primeira palestra, ministrada por Edonilce Barros, teve o tema ‘Abordagem Territorial como estratégia de desenvolvimento rural’. Edonilce ressaltou a importância do meio rural. “A gente tende a menosprezar o meio rural, mas esquece que o meio urbano depende muito dele. É por isso que precisamos buscar políticas de melhoramento para a zona rural”. A segunda palestra, com tema ‘Reforma Agrária e Democratização do acesso à terra e aos recursos naturais’, foi ministrada pela Colaboradora do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa), Denise Cardoso, que ressaltou a importância da formulação de políticas para a distribuição igualitária das terras. “No Brasil tem muita gente com muita terra e pouca gente com muita terra. É por isso que precisamos nos mobilizar para criar políticas de distribuição de terras”.

As três últimas palestras abordaram as temáticas “Gestão e participação social, autonomia e emancipação da juventude”; “Desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Brasil Rural e fortalecimento da agricultura familiar”; e “Autonomia das mulheres”, ministradas, respectivamente, por José Isaac Gonçalves (EBDA), Edmilson Alves (Coopercuc) e Bárbara Cunha (Irpaa). Ao final da conferência, foram formados grupos de discussões e formação de propostas para o desenvolvimento rural do Município. Cada grupo escolheu seus membros, no total 15, que irão representar Curaçá na Conferência Territorial, que acontece em Juazeiro. As demais conferências, de nível estadual e nacional, ainda não têm data marcada.


Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Curaçá



Nenhum comentário:

Postar um comentário