11 de jun de 2013

CULMINÂNCIA DO PROJETO MUSICALIDADE - REESTRUTURAÇÃO DA FILARMÔNICA NOVA GERAÇÃO ACONTECE NESTE SÁBADO EM BARRO VERMELHO

A Associação de Desenvolvimento Comunitário do distrito de Barro Vermelho está promovendo, no próximo sábado, dia 15, um evento de confraternização e prestação de contas do Projeto Musicalidade que acontecerá a partir das 19 horas na Igreja Matriz do Distrito e contará com a presença de diversas autoridades do Município.
O Projeto Musicalidade foi um dos contemplados pelo Mais Cultura: Edital Microprojetos Rio São Francisco da FUNARTE – Fundação Nacional de Arte, que previa fomentar a produção sociocultural e artística, possibilitando que artistas, produtores, grupos, expressões e projetos artísticos e culturais recebessem um valor na ordem de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para a realização de projetos culturais; no Município de Curaçá, recebendo incentivos financeiros.
Com o valor recebido, a Associação adquiriu novos instrumentos e acessórios musicais para a serem usados pela Filarmônica Nova Geração de Barro Vermelho, possibilitando, assim, o retorno das apresentações musicais.


Por Elias Fonseca

2 comentários:

  1. Barro Vermelho é um dos poucos lugares do sertão curaçaense que registra sólida história de tradição de músicos.
    Tem-se notícia, salvo engano, que a Filarmônica 15 de Março foi fundada em 1917. Por ela passaram maestros respeitáveis e dedicados.
    Lembro o maestro Filemon, um dos pioneiros, com sua inesquecível e pomposa Filarmônica, acompanhando casamentos e batizados na festa de Santo Antonio, em Patamuté. Assim também fazia noutras localidades. Naquele tempo era comum a Filarmônica ser convidada para as festas tradicionais da região. Era um espetáculo que persiste na memória de muitos. Barro Vermelho sustenta, com mérito, suas tradições. E, por isto, é um lugar rico culturalmente.
    Mantém as expressões culturais de seu povo e cuida de suas tradições. A festa do padroeiro São João Batista cada vez mais se torna interessante. O Projeto Musicalidade vem enriquecer o lugar e sua gente.
    Certamente em breve será lançado, por aí, um livro de autoria do jovem jornalista Maurizio Roberto Bim Moreira Fernandes, apaixonado pelo lugar, onde tem raízes, que muito dirá sobre a cultura de Barro Vermelho, que tem história pra contar e filhos ilustres para sedimentá-la.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns , meu querido Barro Vermelho.

    ResponderExcluir