13 de jul de 2016

“VAMOS IMPLANTAR AÇÕES DE EMPREENDEDORISMO EM CURAÇÁ”, DECLAROU ANSELMO VITAL, PRÉ CANDIDATO A PREFEITO

O pré-candidato a prefeito de Curaçá, Anselmo Vital (PCdoB), em entrevista a uma rádio em Juazeiro nesta terça-feira, 12, falou sobre o novo desafio que abraça, pleiteando conduzir os destinos do município.

Anselmo Vital, que é engenheiro agrônomo e administrador de empresas, falou da sua origem de caatingueiro e da empatia que tem com o sertanejo, povo do qual faz parte e para o qual trabalha como profissional técnico em agricultura, com foco na produção do sequeiro, agricultura familiar e caprino-ovinocultura.

Anselmo lembrou das conquistas sociais e econômicas garantidas aos nordestinos e nordestinas nos últimos 13 anos e elencou alguns pontos importantes, como a conquista da terra, da água, da energia e do acesso as tecnologias.

“Precisamos reafirmar essas conquistas e avançar mais. Precisamos garantir que o homem e a mulher do campo tenham qualidade de vida e possam fixar-se no campo, seu lugar de origem. Para isso, temos que incentivar o empreendedorismo e implantar uma política de geração de renda no município. Faz parte do nosso projeto, a implantação de uma agência municipal que desenvolva ações empreendedoras em todos os segmentos, do setor de serviços ao beneficiamento do leite de cabra”, afirmou o pré- candidato.
Anselmo também lamentou o estado de endividamento atual do município e disse está consciente e preparado para o desafio que irá enfrentar, caso vença o pleito municipal em outubro de 2016.

“Temos um projeto consistente, elaborado a partir das comunidades, ouvindo os diversos segmentos. Não se trata de um projeto feito em gabinete, mas construído com a participação popular. Vamos desenvolver, em Curaçá, um governo transparente e participativo, olhando para as necessidades das pessoas, sobretudo aquelas que são desassistidas pelos poderes públicos. Curaçá é um município de enorme potencial e o nosso propósito é alavancar seu desenvolvimento pleno”, concluiu Anselmo Vital.


Preto no Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário