17 de jul de 2013

GOVERNO DE CURAÇÁ INVESTE EM ADUTORAS NA REGIÃO DE POÇO DE FORA

A Prefeitura Municipal vem executando diversos serviços estratégicos para combater os efeitos da seca em Curaçá, a exemplo de instalação de poços tubulares, limpeza de barreiros e cacimbas e até instalação de adutoras, como acontece no Distrito de Poço de Fora. “Essa obra deve gerar um custo total de mais de quatrocentos mil reais até o fim, mas a gente acaba com os gastos com pipa d’água que é sem futuro”, disse Carlinhos Brandão, prefeito de Curaçá, o qual acompanha as obras nas duas adutoras: Cobre e Vale do Curaçá. “E nossa ideia é levar água até Mundo Novo por meio de adutora. Já estamos projetando. E se der tudo certo, vamos fazer essa ampliação”, garantiu Carlinhos.

Na Fazenda Surubim, a ‘Adutora do Cobre’ já está concluída, em parceria com  a Mineração Caraíba que disponibilizou o uso de poço tubular de boa vazão. Essa Adutora tem 4 km de extensão e beneficia cerca de 15 famílias e atende a aproximadamente  três  mil animais. “A água vai ser encanada para as casas e para vários bebedouros de animais. A tubulação já foi comprada e foi começada a execução da Obra”, revelou André Félix, Operador de Saneamento do Saae de Curaçá, e responsável pela instalação hidráulica e supervisão das Adutoras em Poço de Fora.

Já a “Adutora Vale do Curaçá” (nas fotos), abandonada há anos, está sendo revitalizada. Tem uma extensão de 54km da Mina Caraíba até Poço de Fora. Traz água do rio São Francisco e beneficia as comunidades de: Fazenda Barriguda, Zamzibar, Cachoeira, Tanquinho, Barra do Brejo, Brandão, Serra Grande, Água Branca e Café da Pedra, abastecendo mais de 1.800 pessoas e duas mil cabeças de animais, em Poço de Fora, de acordo com informações de André Félix. “O projeto já concluído e começando a recuperação de áreas específicas, principalmente com a correção de vazamentos, substituição de materiais e equipamentos. Tudo isso e só a primeira etapa. O povo beneficiado está bastante agradecido com o Prefeito, pois ele prometeu e cumpriu mais essa obra”, completou André.

Ascom PMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário