20/06/2013

EXEMPLOS DE CAUSAS DOS PROTESTOS NO BRASIL

1. O Fórum Trabalhista de São Paulo custou aos cofres públicos, ou seja, dinheiro de imposto pago pelo povo, só em superfaturamento, a quantia de R$ 330 milhões de reais, que dava para construir duzentas mil casas populares para oitocentas mil pessoas. É um monumento à imbecilidade. Está lá, pra quem quiser ver, sem espaço para abrigar os serviços essenciais e já precisando de reformas, apesar de construído em data recente;

2. A Presidência da República comprou um avião Airbus A319, moderníssimo, para deslocamento do presidente, no valor de R$ 124 milhões de reais. Tem até chuveiro para Sua Excelência tomar banho, que ninguém é de ferro, cama de casal e um gabinete luxuosíssimo, tudo incompatível com a pobreza do Brasil. Mesmo usando este avião e desfrutando de todas as mordomias do cargo, em 2012 a presidente Dilma Rousseff, em viagem de lazer a Grécia, República Checa e Espanha, gastou 433 mil reais por nossa conta, fazendo turismo, porque nesses lugares não estava em missão oficial. Como se vê, o valor desperdiçado com o avião e constantes viagens dava para construir milhares de casas para a população carente;

3. O prédio do edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, custou aproximadamente R$ 500 milhões de reais. Imponente e desnecessário. Construído sob o desenho do arquiteto Oscar Niemeyer é um monumento à inutilidade. Abriga apenas 07 (sete) ministros, que é o total da composição do Tribunal, para se reunirem 02 (duas) vezes por semana, geralmente à noite. Isto mesmo. O que é gasto com o TSE, inclusive com mordomias e salários estratosféricos, daria para construir e manter dezenas de hospitais pelo Brasil afora para atender pacientes pobres, que vivem nos corredores dos pronto-socorros por falta de vagas, leitos, médicos, enfermeiros, remédios, etc. Pergunto: alguém já viu algum ministro do TSE dizer que gasta muito e que é preciso diminuir as despesas do Tribunal? Mas, certamente alguém já leu ou ouviu os ministros criticarem excesso de gastos públicos de prefeitos e governadores que, bem ou mal, estão cuidando da população no seu dia-a-dia.  

4. Em São Bernardo do Campo (SP), berço deslumbrante do Partido dos Trabalhadores (PT), estão construindo ao lado da Prefeitura, com dinheiro de nossos impostos, um prédio orçado em R$ 19 milhões de reais para, segundo os gênios que tiveram a idéia, abrigar o Museu do Trabalhador. Certamente para colocarem lá algumas réplicas de máquinas industriais antigas e fotografias do início da fase industrial paulista. Entretanto, neste mesmo São Bernardo do Campo, quem precisa de atendimento médico fica nos corredores do Ponto Socorro Central da cidade, em macas improvisadas, por falta de leitos hospitalares. É difícil os imbecis de plantão entenderem que o melhor Museu do Trabalhador é uma aposentadoria digna para cuidar de sua velhice;  

5. Em recente viagem para conhecer o papa Francisco, a presidente Dilma Rousseff gastou 324 mil reais. Embora pudesse se hospedar na Embaixada do Brasil em Roma, conhecida como uma das mais luxuosas do mundo, como é comum aos presidentes brasileiros, a presidente preferiu hospedar-se num hotel com diária de R$ 5.039,00. Ou seja, a diária de um hotel que a presidente usa dá para pagar oito meses de aposentadoria de um mortal de qualquer canto do Brasil.

             Está faltando humildade às nossas autoridades e sobrando descaso com o nosso povo.

WALTER ARAÚJO COSTA 
advogado,escritor e jornalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário