7 de jun de 2013

JUIZ DA COMARCA DE UAUÁ PROÍBE REALIZAÇÃO DE SÃO JOÃO COM RECURSOS DO MUNICÍPIO

O Juiz da comarca de Uauá Dario Gurgel, expediu hoje (06), uma liminarsuspendendo o São João de Uauá no documento a justiça proíbe a prefeitura de usar dinheiro do município para a contratação de bandas, artistas, empresas, produtores culturais, Iluminação, sonorização, montagem de palco, etc, para a realização de festas juninas deste ano. Caso a prefeitura não cumpra a determinação da justiça, vai pagar multa no valor de 10 mil reais por dia, para realizar o São João a prefeitura de Uauá precisa provar que não vai usar dinheiro do município. 
A decisão do Juiz Dario Gurgel atende a um pedido feito pelo ministério publico, na ação civil publica assinada pelo promotor Rui Gomes, o ministério publico questiona a realização de 10 dias de festas uma vez o município de Uauá esta passando pelo estado critico de estiagem e não tem recursos para ajudar as famílias que sofrem com a seca , ainda segundo a promotoria o município não vai receber dinheiro da Bahia Tursa, Governo Federal ou de instituições Privadas para promoção de festas. O fato segundo o MP é uma contradição. Por isso, pediu a Justiça uma que proíba a realização dos festejos juninos para evitar que o dinheiro publico seja Desviado ou gasto de forma errada. 

A prefeitura pode recorrer da decisão do Juiz Dario Gurgel , mas o secretário de relações institucionais da prefeitura de Uauá Marco Aurélio Guimarães Elpidio informou que o município ainda não foi notificado oficialmente pela justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário